Como escolher uma empresa de Energia Solar?

quarta, 13 de janeiro de 2021

Com a grande demanda pela energia solar, o crescimento exponencial do setor nos últimos anos é notório, com geração de empregos, inovação, desenvolvimento e oportunidade, o Brasil já soma cerca de 7 mil empresas que atuam com energia solar em especial nas áreas de equipamentos e serviços para a geração distribuída, conforme mapeamento recente, somando investimentos que ultrapassam R$20 bilhões.


Empresas de Energia Solar no Brasil (Fonte: Portalsolar.com.br).

                Diante disso, escolher uma empresa nesse setor, com uma curva de crescimento tão acentuada, se torna uma tarefa difícil, o consumidor entra em um mar de dúvidas: O que deve ser considerado? Como garantir segurança? Qual o melhor custo-benefício? O fator preço realmente importa a longo prazo?

Pensando no consumidor, foi preparado um conteúdo de uma forma objetiva para ajudar a tomada de decisão, para deixar de cair em armadilhas, golpes e promessas sem fundamento.           Desta forma, o objetivo é ajudar a encontrar o parceiro ideal para o seu projeto e diminuir os casos de insatisfação de uma parcela que busca uma alternativa e solução em forma de economia e não uma dor de cabeça e um grande problema futuro, colocando em cheque (dúvida) muitas vezes a tecnologia, que apesar de ser nova no Brasil, passa por uma maturação em grande parte do mundo, em especial na Europa.

                Evidentemente a empresa escolhida tem que apresentar no mínimo 20 anos de atuação na área, seja no setor de Engenharia Civil ou Elétrica. Decerto, o sistema fotovoltaico tem que ser dimensionado para no mínimo 25 anos, a estrutura, os módulos, e os inversores mesmo que bem dimensionados podem apresentar alguns problemas que precisam de manutenção e assistência especializada, e como confiar essa manutenção a uma empresa “aventureira” que após vender a sua usina pode sumir do mapa?

                Naturalmente, é comum o cliente apresentar dúvidas sobre o tema, pelo fotovoltaico ser uma tecnologia nova no mercado brasileiro, o vendedor deve ser claro e responder aos questionamentos com assertividade e tranquilidade, ou seja, ele deve ter conhecimento real do assunto. Não só o corpo de vendedores dessa empresa tem que ser qualificado, mas também o corpo de engenharia e instalação tem que ser capacitado, com experiência, para conseguir entregar o que foi disposto em contrato. Portanto, analise a forma que a proposta foi apresentada, o cuidado com a vistoria técnica e a importância que a empresa deu para a mesma.

                A empresa deve contar com departamentos específicos para cada atividade, com o pessoal qualificado, como: Venda, Pós-venda, Financeiro, Jurídico, Engenharia (projeto arquitetônico, civil e elétrico). Assim fornecendo uma solução completa para qualquer cliente.

Assim sendo, as empresas que dispõem de equipe própria para instalação se comprometem mais com o padrão de qualidade, pois tem especificidade na área. Se a instalação não for feita com cuidado, a segurança do sistema fotovoltaico e até mesmo da estrutura de instalação estará em risco. É importante checar os projetos já instalados da empresa, o padrão de qualidade da mesma e o feedback dos clientes que tiveram seus sistemas instalados.

Outro fator a se analisar é o interesse da empresa em fornecer um trabalho que atende a requisição do cliente mantendo o custo-benefício, sem querer “empurrar” mais produtos, ou superdimensionados, somente para obter maior lucro. Uma das maneiras é verificar o custo do kWp, esse custo varia conforme tamanho de projeto, e pode ser analisado, como exemplo, na tabela abaixo. Outro fator importante no quesito preço, são empresas que ao verificarem propostas de concorrentes, optam por baixarem os preços ao ponto de oferecerem produtos de baixíssima qualidade ou montam projetos que não atendem a demanda do cliente, ou ainda montam projetos com eficiência energética de até 100% (Performance Ratio), sem perdas, o que reduz a quantidade de material na obra e consequentemente o preço.


                O essencial para um sistema solar bem dimensionado é a vistoria técnica, esta consiste na análise do espaço para o posicionamento dos painéis solares, análise da resistência da estrutura de instalação (telhados), orientação dos módulos para obter melhor eficiência, analisar o sombreamento ocasional e as características elétricas do imóvel.

Escrito por Floriano Luiz Suszek, Doutor em Engenharia Agrícola e Engenheiro na inVolt Energia.

Logo Involt do Rodape do site

ENTRE EM CONTATO

Rua Santa Catarina, n° 1284 - Cascavel/PR

Fone: (45) 3306-0700
(45) 99102-0577

E-mail: rh@involtenergia.com.br

NOSSAS REDES SOCIAIS

Logo Involt menor do rodape do site © 2021 INVOLT• All Rights Reserved